- Saude Oral - https://www.saudeoral.pt -

Médica dentista aproveita potencial de canabinóides na saúde oral

A especialista internacional em medicina dentária, Veronica Stahl, lançou uma gama de produtos [1]para a saúde oral, com base no potencial de canabinóides. [2]  [1]Os produtos surgem após uma investigação que revelou que os canabinóides são tão eficazes na luta contra a placa bacteriana como a clorexidina existente nos elixires bucais, reportou o portal Dental Tribune International [3].

O Canabidiol (CDB) e o Cannabigerol (CGB) são fitoquímicos não-psicoativos produzidos naturalmente pela planta da canábis. Em declarações ao Dental Tribune, a médica dentista diz que estes compostos naturais têm um enorme potencial inexplorado na medicina dentária.

Num estudo de 2019, [4] Stahl testou os seus próprios produtos de elixir bucal STOP in vitro contra o total da cultura bacteriana de amostras de placa bacteriana recolhidas de 72 adultos. A eficácia destes produtos na inibição da bactéria foi comparada com a de 0,2% de gluconato de clorexidina e de dois produtos populares de elixir bucal de consumo — um contendo óleos essenciais e álcool e o outro contendo flúor e sem álcool.

Em média, verificou-se que os produtos infundidos com canabinóides apresentavam uma eficácia bacteriana semelhante ou melhor quando comparados com 0,2% de clorexidina. Verificou-se também que os elixires bucais infundidos com canabinóides e 0,2% de clorexidina são eficazes contra todas as amostras testadas. Em declarações ao DTI, Stahl explicou que os canabinóides têm demonstrado conseguir regular a formação de biofilme, ao interferir no autoindutor-2, membro da família de moléculas de sinalização usadas na deteção de quórum.

“O que é único no CBD, e o que a nossa investigação mostrou, é que não mata os microrganismos, mas interage na comunicação entre eles, que é um mecanismo totalmente diferente do de outros desinfetantes”, disse.

Stahl registou uma série de patentes e diz que os canabinóides têm um grande futuro na saúde oral. “Quando iniciei a minha pesquisa sobre canabinóides na medicina dentária, não havia nada no mercado — nenhuma pesquisa, nenhum artigo, nada. Mas mudámos isso, e é evidente que há um enorme potencial para o CBD – não só a nível cosmético, que é o que estamos a falar atualmente – mas, na verdade, em quase todas as disciplinas do campo dentário”, explica.

O próximo passo é aumentar a consciencialização sobre os produtos derivados da canabinóides no setor da saúde oral e aumentar a confiança na utilização de produtos CBD e CBG. “Temos de nos afastar do estigma negativo que muitas vezes está associado a esta planta, até porque estamos a usar apenas a parte não-psicoativa. Queremos encorajar a confiança na sua utilização, porque é um extrato natural, e é muito melhor do que os produtos químicos. Muitos governos já não classificam o CBD como uma substância ilegal, e o que estamos a utilizar na nossa formulação é CBD originário do cânhamo – para garantir a segurança – para que não haja vestígios de tetrahidrocanabinol”, explica.

A CannIBite, a empresa de Stahl, pretende angariar capital para que possa estabelecer e promover a distribuição dos seus produtos e continuar a investigação.