Quantcast
Médicos dentistas

Tem uma urgência médico-dentária e não sabe onde ir? Este site dá-lhe a resposta

Uma médica dentista nacional criou um site para ajudar os pacientes com situações médico-dentárias urgentes a encontrar uma clínica que os possa receber durante a pandemia de covid-19. O website, de nome SOSDentaria, já se encontra online e o registo na plataforma é gratuito.

“A partir de um fórum de medicina dentária com vários médicos dentistas, eram muitos os colegas que referiam estar sem EPI [equipamento de proteção individual] e, consequentemente, sem possibilidade de atender presencialmente os seus pacientes com toda a segurança”, explica a médica dentista Joana Gomes, a impulsionadora do projeto, à SAÚDE ORAL numa troca de e-mails.

A homepage do SOSDentaria

“A juntar a este facto, sensibilizei-me com uma mãe de um bebé de 22 meses que encontrou o número da minha clínica no sábado de Páscoa e, desesperada, pediu para que o atendesse. A mãe deste bebé já estava há um dia a tentar encontrar alguém que conseguisse ver presencialmente o seu bebé tendo, inclusivamente, ido ao Hospital de Coimbra onde nada lhe puderam fazer, pois o serviço de estomatologia não estava presente”, conta.

A médica dentista meteu então mãos à obra, partilhando a situação nas redes sociais com os seus colegas. A solução encontrada foi criar uma escala de clínicas que pudesse dar resposta à população e, diz, “acima de tudo, evitar que as pessoas sobrecarregassem com urgências dentárias hospitais e a linha Saúde 24 nesta fase pandémica”.

Joana Gomes

O website permite que os pacientes acedam, em tempo real, por distrito ou cidade, às clínicas que, nas próximas semanas, estarão a atender urgências médico-dentárias no dia e hora especificados, inclusive à noite. Foi criado com a ajuda de dois amigos informáticos da médica dentista e, segundo Joana Gomes, a reação tem sido “muito positiva”, ainda que a divulgação ainda esteja a ser feita apenas via Facebook até ao momento.

“São já quase 300 clínicas de todo o País inscritas e muitas destas disponibilizaram-se 24h/dia para atendimento nesta fase, o que a meu ver demonstra um grande sentido de missão e entreajuda por parte da classe”, sublinha.

Apesar de a plataforma oferecer um serviço centralizado, têm surgido vários grupos e fóruns nas redes sociais em que os profissionais de medicina dentária têm respondido às questões e ajudado voluntariamente os pacientes (como o grupo de Facebook “COVID-19 – SOS Medicina Dentária”), tal como acontece noutras áreas da medicina.

*Notícia atualizada da parte da tarde, com inclusão da fotografia da médica dentista e adição do último parágrafo da notícia.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?