Empresas

Start-ups oferecem serviços de prestação de cuidados de saúde online

Médicos dentistas em Portugal e Espanha realizam recomendações de prevenção do coronavírus

As start-ups Better Now, Knok Healthcare e Zaask aderiram ao movimento #tech4COVID19, oferecendo serviços de prestação de cuidados de saúde primários gratuitos. Estas start-ups têm soluções de vídeo-consultas médicas gratuitas, permitindo uma aproximação entre profissionais de saúde e pacientes através das suas plataformas.

Ao contarem com médicos voluntários, o objetivo desta iniciativa é reduzir a pressão que, devido à pandemia de Covid-19, tem afetado o Sistema Nacional de Saúde (SNS). A iniciativa é assim uma alternativa para apoiar os pacientes que foram aconselhados a não se deslocarem às unidades de saúde, devido às restrições de contacto e isolamento social impostas.

O movimento tem em curso cerca de 20 projetos de combate ao vírus. Entre outros, contam-se projetos para melhorar o rastreamento de redes de contágio; facilitar vídeo-consultas entre médicos e doentes; criar uma rede de suporte a médicos e enfermeiros deslocados ou a pessoas que simplesmente necessitam de ajuda para ir às compras ou à farmácia; criar um chatbot para se tirarem dúvidas dos apoios concedidos pelo Estado às empresas e às pessoas singulares; acelerar a compra de material hospitalar e lançar uma angariação de fundos para compra desse mesmo material; disseminar informação, recrutamento e coordenação de profissionais de saúde ou ainda criar um sistema que permita à população verificar sintomas sem necessidade de ir ao médico.

 Soluções de telemedicina

  • BetterNow

A app, disponível para Android e iOS, junta pacientes e médicos voluntários para consultas via vídeo-chamada. O serviço é gratuito e irá ajudar no despiste de eventuais pacientes infetados por Covid-19. A BetterNow pretende ainda reforçar a sua rede de médicos voluntários, convidando os interessados a juntarem-se à plataforma. O serviço está disponível em: https://betternow.pt/

  • Knok Healthcare

Disponível para Android e iOS, a aplicação, que conta com mais de 190 médicos voluntários, possibilita o acesso a consultas médicas por vídeo-chamada. Para pedir uma vídeo-consulta é apenas necessário fazer download da aplicação Knok, disponível na App Store e Google Play Store, e registar uma nova conta. Os responsáveis do projeto desafiam mais médicos voluntários a juntarem-se através do e-mail voluntarios@knokcare.com.

  • Zaask/Visor

A plataforma, com o apoio da start-up Visor, irá permitir aos pacientes uma primeira triagem de Covid-19. Para tal, será disponibilizado um chatbot, que conta com uma estrutura de despiste como a da Linha SNS24. Caso o despiste indique a infeção por Covid-19, o paciente será encaminhado para a plataforma da Zaask, que conta com médicos voluntários preparados para a realização de vídeo-consultas. A solução da Zaask/Visor pretende escalar a assistência médica tanto da Linha de Saúde como dos próprios hospitais, pondo em contacto pessoas que precisam de ajuda com os milhares de profissionais de saúde (devidamente certificados) que, por alguma razão, estão em casa.