OMD

Ricardo Oliveira Pinto desiste de candidatura à OMD

Depois de ter anunciado, a 29 de abril, a sua candidatura a bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas através das redes sociais, Ricardo Oliveira Pinto veio, pelo mesmo meio, anunciar a sua desistência.

O profissional, que faz parte do Conselho Diretivo da OMD desde 2009, referiu em publicação do Facebook: “Nos últimos dias, temos assistido a uma estabilidade e ‘ruído’ imenso na classe, que julgo não ser bom para a profissão, para a sociedade e para a confiança dos portugueses na nossa atividade. Esta é uma oportunidade única de nos mantermos fortes e coesos para enfrentar o futuro”, explicando assim que, “com a mesma honestidade e serenidade” com que se apresentou como candidato, decidiu retirar a sua candidatura “a bem da unidade dos colegas e da reunificação da classe”.

Para Ricardo Oliveira Pinto, “a medicina dentária tem de estar primeiro, acima de qualquer interesse, por mais bem intencionado e honesto que seja”. De acordo com o ex-candidato, esta decisão foi “refletida e amadurecida, por perceber de forma inequívoca que não é o momento de criar mais ruturas, nem o momento de dividir, mas sim de agregar”.

Depois desta desistência e de o atual bastonário, Orlando Monteiro da Silva, anunciar que não se iria recandidatar, o único candidato a bastonário é atualmente o médico dentista Miguel Pavão.