- Saude Oral - https://www.saudeoral.pt -

Regeneração dentária pode vir a substituir a obturação

De acordo com esta publicação, os investigadores que trabalham nesta área estão a tentar encontrar a soluções químicas mais adequadas e eficazes para a regeneração dentária, em vez de se proceder ao preenchimento das cavidades dentárias.
O esmalte e a dentina poderão, segundo é divulgado, vir a substituir as obturações metálicas, que utilizam ouro ou porcelana.
«O que esperamos é que seja possível combater precocemente os dentes cariados e remineralizá-los», afirmou Sally Marshall, professora da Universidade da Califórnia, em São Francisco.
Utilizar materiais reconstrutivos que fazem parte organismo nos tratamentos dentários poderia constituir uma vantagem para os médicos dentistas, que têm vindo a restaurar as cavidades através das obturações com ligas metálicas desde 1840, daí a importância do esmalte e da dentina, uma vez que são fortes, duradouros e têm uma capacidade reparadora.
O recente estudo de Marshall, que irá ser publicado no “Journal of Structural Biology”, concentra-se, sobretudo, na regeneração da dentina em dentes danificados tendo como base uma solução de iões de cálcio.
Em testes que efectuou com esta solução, Marshall conseguiu remineralizar algumas partes do dente. O desafio agora é tentar fazer com que os cristais que compõem a estrutura do dente consigam fixar-se através da dentina.
Para cicatrizar de forma adequada, os cristais precisam de se formar desde a parte inferior do dente até ao esmalte. Apesar das dúvidas, a autora acredita que durante os próximos anos irá descobrir uma forma de restaurar a funcionalidade da dentina.