Quantcast
Saúde Oral

Produtos de branqueamento de venda livre: os riscos da sua utilização

Produtos de branqueamento de venda livre: os riscos da sua utilização

O médico dentista Carlos Almeida alertou para os riscos da realização de branqueamentos dentários sem ser por profissionais especializados.

O branqueamento, como outros tratamentos dentários, só deve ser feito por um médico dentista“, alertou o dentista, convidado da TVI, referindo ainda que este é um dos tratamentos mais populares e que é completamente seguro, mas que tem de ser feito com o controlo do médico, pois “caso contrário pode ser bastante danoso”.

O branqueamento dentário, frequentemente utilizado para reverter danos de hábitos de higiene, alimentares e de tabaco, pode ser feito através de vários produtos, muitos deles comercializados livremente.

O médico dentista destaca que nem todos os pacientes têm indicações médicas para realizar um branqueamento e que existem casos em que, apesar de terem indicações para fazer o branqueamento, necessitam de tratamentos prévios, como é o caso de cáries, sensibilidade dentária ou de doença periodontal ativa.

Antes de fazermos um branqueamento, temos antes de fazer uma consulta de higiene oral”, por forma a remover também as manchas dos dentes, explicou Carlos Almeida, acrescentando que “as pessoas desconhecem isso e é aí que está o grande risco“.

A utilização livre de produtos como carvão ativo, bicarbonatos e a recorrência a receitas caseiras pode resultar em problemas na saúde, uma vez que são utilizados sem qualquer acompanhamento médico. Muitos produtos, acrescenta o médico dentista, não são também indicados: “Muitos desses produtos são ácidos, capazes de danificar a superfície do dente”, refere.

“Existem alguns produtos tão agressivos que podem matar o dente“, explica o dentista.

Carlos Almeida alertou, ainda, que os branqueamentos devem ser apenas realizados em adultos e que estes produtos causam, frequentemente, bastante sensibilidade dentária e, em casos extremos, podem ter efeitos complicados de resolver.