Mundo a Sorrir

Prémio Mexia de Almeida: Prazo de candidaturas ao termina a 30 de novembro

Falta de dentistas em Macau é oportunidade para Portugal

O prazo de candidaturas à primeira edição do prémio Mexia de Almeida, uma iniciativa que pretende premiar os melhores trabalhos académicos no âmbito da Medicina Dentária Comunitária, termina a 30 de novembro.

O prémio destina-se aos profissionais da medicina dentária que desenvolveram projetos dentro desta área, mas numa vertente comunitária. Podem candidatar-se trabalhos de dois tipos: trabalhos académicos originais, de investigação ou de revisão de um problema, no qual seja usada a metodologia própria de um trabalho científico e projetos de intervenção comunitária, na área da Saúde Oral.

Este é um projeto da ONGD Mundo a Sorrir (MAS) criado com o intuito de promover o desenvolvimento da investigação de temáticas relacionadas com a saúde oral, bem como conferir suporte científico aos projetos desenvolvidos pela Mundo a Sorrir.

A Mundo a Sorrir, que começou com 12 voluntários e hoje integra cerca de 500, desenvolveu 19 projetos, 834 ações de sensibilização, 32 mil rastreios e 7 mil e 500 consultas através de projetos nacionais e internacionais, nomeadamente na Guiné-Bissau e em Cabo Verde. Todas estas ações e atividades, organizadas ao longo de oito anos, permitiram ajudar 73 319 pessoas.