Quantcast
Investigação

Periodontite pode ter implicações graves ligadas à covid-19

Novas investigações dão conta de que a periodontite – doença das gengivas – pode estar indiretamente relacionada com a intensidade dos problemas relacionados com a covid-19, quando não tratada. Os investigadores alertam para a necessidade de uma boa saúde oral durante a pandemia.

Uma nova pesquisa desenvolvida na cidade de Munique, na Alemanha, revela que uma citocina pró-inflamatória (interleucina-6) causou insuficiências respiratórias e necessidade de ventilação entre pacientes que foram hospitalizados com covid-19. Se não for tratada, a doença periodontal pode levar a um aumento desta citocina pró-inflamatória.

O primeiro estudo, publicado em julho, – The Mouth-COVID Connection: Il-6 Levels in Periodontal Disease — Potential Role in COVID-19-Related Respiratory Complications – já dava conta de que a infeção provocada pela covid19 é mais grave na presença de inflamação causada pela doença gengival, uma vez que os doentes infetados pelo novo coronavírus apresentavam níveis elevados de inflamação e bactérias.

De acordo com Shervin Molayem, médico periodontista de Los Angeles, nos EUA, e coautor do estudo, “não é um exagero concluir que a doença periodontal pode aumentar o risco de problemas respiratórios em doentes com covid-19”. No entanto, “a redução dos níveis de IL-6 pode reduzir potencialmente a probabilidade de ocorrência destas implicações”, acrescentou, em declarações à Dental Tribune.

Um estudo publicado em abril no British Dental Journal alertou para a importância de manter uma boa higiene oral durante a pandemia de covid-19, uma vez que pode reduzir a carga bacteriana na boca e o risco associado a uma superinfeção bacteriana.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?