Clínicas Dentárias

Paulo Malo quer recomeçar e criar novo projeto

Paulo Malo quer recomeçar e criar novo projeto

Depois da notícia de que Paulo Malo “não prosseguirá qualquer função no grupo que fundou, o médico dentista revela, em entrevista ao Correio da Manhã, que pretende criar um novo projeto e “recomeçar”.

Recorde-se que, recentemente, a Malo Clinic integrou um Processo Especial de Revitalização (PER) que estabeleceu um perdão superior a 40 milhões de euros, mais de metade dos quais do Novo Banco.

Em entrevista ao Correio da Manhã, Paulo Malo explica que o fundo Atena Equity Partners, que comprou o grupo de clínicas dentárias, queria que o médico dentista “ficasse em Portugal apenas nas cirurgias mais complicadas e na parte da educação e que, durante três anos, não lhes fizesse concorrência, para eles poderem vender a empresa rapidamente. Mas eu não aceitei ficar três anos sem trabalhar sem ter uma compensação. Para não fazer concorrência em Portugal eu tinha de ser pago, então disse para me darem o equivalente às dívidas que tenho de créditos da empresa, cerca de 2,8 milhões de euros. Como não chegámos a acordo sobre esse montante da compensação, acabou! Cada um vai à sua vida”.

“Acabei a minha relação com os donos da Malo Clinic, não quero ter relação nenhuma com eles, não merecem. Eu saio, eles continuam com a Malo Clinic em Portugal. Vou entregar o meu escritório no final do mês e vou recomeçar a minha vida, não tenho medo. Vou continuar a trabalhar, sou dentista e vou fazer as minhas clínicas em Portugal, vou reconstruir o que me foi tirado, vamos competir e depois vamos ver quem vai ter sucesso”, acrescenta.