Clínicas Dentárias

Paulo Malo afastado depois de perdão da dívida

Paulo Malo afastado depois de perdão da dívida

A administração da Malo Clinic, agora nas mãos da empresa capital de risco Atena, comunicou que Paulo Malo “não prosseguirá qualquer função no grupo”, revela o Jornal de Negócios esta quinta-feira (10 de outubro). A decisão surge depois de ser conhecido Processo Especial de Revitalização (PER) da empresa e o perdão de uma dívida de cerca de 40 milhões de euros aos credores da rede de clínicas.

O Jornal de Negócios avança ainda que atualmente, “a responsabilidade clínica era já assegurada por um comité médico composta por três médicos dentistas portugueses, que continuarão a assumir essa responsabilidade.”

Recorde-se que depois da aquisição da Malo Clinic, a Atena Equity Partners aderiu ao Plano Especial de Revitalização (PER) e estabeleceu um acordo extrajudicial, já homologado, que contempla um perdão de mais de 40 milhões de euros de uma dívida reconhecida de 67,5 milhões de euros a cerca de nove dezenas de credores, entre os quais a Segurança Social com 1,7 milhões de euros. Aos credores comuns foi imposto perdas de 90% dos seus créditos.

A Malo Clinic irá beneficiar de dois anos de carência e terá oito anos para pagar a sua dívida, agora reduzida a cerca de 27 milhões de euros. O plano de reembolso prevê o pagamento em prestações constantes, com uma taxa de juro da ordem dos 4%.