Investigação

Pasta de dentes com hidroxiapatite pode ser alternativa ao flúor

Pasta de dentes com hidroxiapatite pode ser alternativa ao flúor

Um estudo recentemente publicado aponta as pastas dentífricas à base de hidroxiaptite como uma alternativa profilática tão eficaz quanto o flúor. A hidroxiapatite, um cristal de cálcio fosfatado, é estudada há vários anos no desenvolvimento de substituintes ósseos devido às suas propriedades osteocondutoras, baixa toxicidade, biocompatibilidade e bioatividade.

A investigação, publicada na revista científica Journal of Investigative and Clinical Dentistry, contou com uma amostra de 133 pacientes, entre os 11 e os 25 anos de idade, a realizar tratamentos ortodônticos, um grupo em risco de desenvolvimento de cáries dentárias. Os pacientes foram divididos em dois grupos. O primeiro utilizou uma pasta dentífrica à base de flúor com uma concentração entre os 350 ppm e os 1050 ppm e o segundo utilizou uma pasta dentífrica com 10% de hidroxiapatite.

Os resultados, agora conhecidos, mostram um aumento significativo de cáries no esmalte dentário durante o período de observação do estudo em ambos os grupos, com 54,7% dos pacientes a utilizar uma pasta dentífrica de hidroxiapatite a apresentar lesões seis meses depois do início do tratamento ortodôntico, uma percentagem que sobe para 60,9% no caso dos pacientes que utilizaram pastas dentífricas à base de flúor.

Os investigadores sugerem, assim, que as pastas dentífricas à base de hidroxiapatite podem ser uma alternativa eficaz às pastas dentífricas à base de flúor. Conheça o estudo, em detalhe, aqui.