Saúde Oral

Oral Health Foundation pede apoio da comunidade médico-dentária no Mês do Cancro Oral

Oral Health Foundation pede apoio da comunidade médico-dentária no Mês do Cancro Oral

A Oral Health Foundation está a pedir aos profissionais de medicina dentária que contribuam para a consciencialização da população para a importância da deteção precoce do cancro oral. O Mês do Cancro Oral celebra-se em novembro e a organização pretende reforçar a comunicação dos fatores de risco, dos sinais e dos sintomas associados a esta patologia.

Nigel Carter, Chief Executive da Oral Health Foundation, explica que “o cancro oral é um dos poucos tipos de cancro que continua a registar aumentos no número de casos. O número de pessoas que são diagnosticadas com a doença cresceu mais de um terço na última década”.

“A probabilidade é que todos nós conheçamos pelo menos uma pessoa que tinha sido diagnosticada com cancro e reconheça o sofrimento que isso pode causar física e emocionalmente”, acrescenta.

No que ao cancro oral diz respeito, a deteção precoce é um fator crucial de sobrevivência. Se for detetado nos estádios iniciais, a probabilidade de sobrevivência aumenta entre 50 a 90%.