Eventos

MIS (re)apresenta-se ao mercado em formato de conversa informal

MIS (re)apresenta-se ao mercado em formato de conversa informal

O MISimplified Talks não tinha a “ambição” de ser um evento técnico ou científico, mas antes a partilha de experiências e histórias à volta da medicina dentária. Mas ainda tinha outro objetivo subjacente: (re)apresentar a empresa que desde janeiro passou a atuar diretamente no nosso país.

“Estamos aqui, acreditamos no mercado português e temos uma visão a longo prazo do negócio neste país”. Foi mais ou menos esta a mensagem que a MIS Implants quis transmitir aos presentes no “MISimplified Talks”, um evento que decorreu no Porto, sob a égide da informalidade e que, mais do que tudo, teve como grande objetivo a partilha de experiências e histórias à volta da medicina dentária.

Desde janeiro que a casa-mãe da MIS Implants anunciou a abertura de uma estrutura no mercado português, altura na qual a MIS Portugal ficou com a responsabilidade de todos os produtos comercializados pela SDS, antiga distribuidora da multinacional. Este evento serviu para reafirmar ao mercado que a empresa está para ficar.

Na sessão de abertura, Shlomi Magal, general manager, explicou que a opção de terem abdicado de distribuidor faz todo o sentido até porque “o mercado nacional é muito importante para a MIS e merece este investimento”. O gestor disse ainda que a visão que a empresa tem para Portugal “é claramente de longo prazo”. Shlomi Magal agradeceu a toda a equipa, enaltecendo o facto de, ao entrarem para a empresa, entrarem para uma família. “E como em todas as famílias, os problemas, como a crise que tivemos com o nosso distribuidor, resolvem-se dentro do seio familiar. Falamos e resolvemos, como nas famílias”. “Acredito mesmo que se os trabalhadores adorarem a empresa, os clientes vão adorar o produto. E (também) por isso os nossos colaboradores são tão importantes para nós”.

Quem diz colaboradores, diz amigos. E o médico dentista João Pimenta foi um dos nomes que Shlomi Magal mais destacou pelo apoio dado não só nos bons, mas sobretudo nos “maus momentos”. O médico dentista de Barcelos foi o primeiro a intervir nesta espécie de TEDTalks da medicina dentária. E nós até podíamos partilhar a história que João Pimenta levou a palco. Mas é melhor não. Para aguçar a curiosidade, apenas dizemos que se desenrolou há muitos anos, no Japão, e envolveu uma senhora muito idosa – “provavelmente com a minha idade atual”, gracejou João Pimenta – um Kimono desapertado não em forma de pijama (como na realidade devia ser) mas em forma de roupão, uma massagem, umas nádegas e um “ai”. Que em japonês curiosamente quer dizer “sim”. “Apanhei o tareão da minha vida”, disse João Pimenta.

Para Portugal, por portugueses

Entretanto, à margem do evento, Pedro Gonçalves, que assumiu o cargo de Business Director em Portugal, clarificava à SAÚDE ORAL que a “crise” com o distribuidor que Shlomi Magal falava na apresentação se baseava, sobretudo, no facto de esta não ter os mesmos valores e princípios da casa-mãe. “Depois de avaliado o mercado, a empresa percebeu o potencial de Portugal e resolveu vir diretamente para cá”. A empresa começou com cinco pessoas, três no terreno (norte, centro e sul) e duas a apoiar no escritório do Lagoas Park. “Mas temos uma logística toda montada que serve França, Benelux, Espanha e Portugal. Os armazéns ficam em Barcelona sendo que hoje, com a qualidade e eficiência dos transportes, não faz sentido uma estrutura deste tipo em todos os países. Assim, está centralizado na Catalunha”. Aliás, neste momento obviamente que temos um portfólio claramente maior do que quando era o distribuidor”.

Pedro Gonçalves explicou ainda que a faturação vai ser toda através de Portugal. “Vai ser tudo feito com portugueses e por portugueses”. Novas contratações estão a ser ponderadas. A zona centro já foi reforçada com mais um recurso, estando a ser ultimada a integração de pelo menos mais duas pessoas, uma para o mercado mais a norte e outra para sul. Para reforçar a proximidade ao mercado, a empresa vai estar presente no Congresso da Ordem dos Médicos Dentistas “com um stand de 90 metros”.

Entre os oradores deste evento estiveram profissionais como Jorge André Cardoso, Vitor Aguirre, Nuno Jorge, Cátia Íris Gonçalves, Joana Duque, Hugo Sousa, Miguel Costa, Angelina Mota, Paulo Mesquita Carvalho, Victor Clavijo e Tommie Van de Velde.