Quantcast
 

Médicos dentistas suspeitam da adição de flúor nos abastecimentos de água potável

Apesar da maior parte dos médicos dentistas que responderam a um recente inquérito da responsabilidade do “The Wealthy Dentist”, não manifestar preocupações adicionais em relação à segurança do flúor, alguns profissionais desconfiam seriamente do processo de adicionar esta substância à água potável.

Apesar de estar estabelecido que o flúor pode ajudar na prevenção de cavidades dentárias, alguns médicos dentistas alegam que esta substância pode trazer mais efeitos negativos que positivos.
Apesar da maioria dos residentes norte-americanos continuar a receber água com fluoretos, um número crescente de comunidades está a optar por não os adicionar ao abastecimento de água pública. Na Europa, a mesma decisão foi tomada há pouco tempo.
Por um lado, muitos médicos dentistas defendem a segurança do fluoreto. «É a melhor medida de saúde pública alguma vez instituída no país na prevenção de cáries dentárias», afirmou um médico dentista do Texas. Por outro, alguns profissionais do sector salientam que aquele processo não melhora a saúde dentária: «Os fluoretos são benéficos a nível tópico, mas nenhum estudo concluiu que a sua ingestão reduz a perda dentária», frisou um médico dentista de Wisconsin.
A questão da «medicação forçada» é central para alguns. «Tem vindo a ser provado ser eficaz, mas não devíamos medicar toda a população», considerou um profissional de saúde do Colorado.
Algumas evidências científicas relacionam os fluoretos ao aparecimento de cancro e outros problemas de saúde. «É conhecido por ser uma substância tóxica», referiu um médico dentista da California.
Segundo Jim Du Molin, consultor e fundador do “The Wealthy Dentist“, apesar deste processo ser encarado como um dos melhores desenvolvimentos ocorridos na área da Medicina Dentária no século XX, actualmente muitas pessoas mostram-se relutantes quando à adição de químicos no abastecimento de água pública, desconfiando, com efeito, da «ideia da medicação em massa».

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?