OMD

Madeira avança com implementação do projeto de intervenção precoce do cancro oral

OMD reconhece excelência do trabalho realizado nos Açores

A Ordem dos Médicos Dentistas vai integrar um grupo de trabalho para a implementação do Projeto de Intervenção Precoce do Cancro Oral (PIPCO) na Região Autónoma da Madeira, grupo esse que já foi aprovado pelo Governo Regional da Madeira.

Este grupo de trabalho irá estudar e definir a execução no terreno do PIPCO, tendo em conta o sistema misto (público-privado) da medicina dentária na região. No estudo será definida a metodologia da deteção precoce, os procedimentos de referenciação, a preparação dos recursos, a resposta laboratorial e da área de especialização oncológica.

Gil Fernandes Alves, o representante da OMD na Região Autónoma Madeira, considera que “a criação deste grupo de trabalho é um passo decisivo e essencial para a implementação deste programa na Madeira. O cancro oral é um dos mais mortíferos devido à sua deteção tardia. Acreditamos que a implementação do PIPCO vai permitir reduzir custos e salvar vidas porque quando diagnosticado precocemente o cancro oral pode ser tratado”.