Investigação

Investigadores premiados por criar implantes biodegradáveis que favorecem regeneração

Investigadores premiados por criar implantes biodegradáveis que favorecem regeneração

Os engenheiros químicos Manuel Arruebo e Víctor Sebastián, investigadores do Instituto de Nanociência de Aragão, em Espanha, foram distinguidos nos Resomer Awards pela criação de um material biodegradável para implantes dentários que favorece a regeneração dentária.

De acordo com a publicação Gaceta Dental, os investigadores desenvolveram um material biodegradável que contém um fármaco imunossupressor que ajuda a evitar a rejeição dos implantes dentários, favorecendo a cicatrização. 

Estes implantes foram avaliados in vitro e in vivo, tendo sido possível em modelos animais, que estes implantes favorecem a regeneração dentária.