Investigação

Investigadores desenvolvem nova técnica para regenerar tecido gengival e prevenir perda dentária

Investigadores desenvolvem nova técnica para regenerar tecido gengival e prevenir perda dentária

Num estudo publicado no início deste ano, um grupo de investigadores revela ter conseguido combinar técnicas biológicas e mecânicas para reparar e regenerar o tecido gengival. Boas notícias para os pacientes que sofrem de periodontite, patologia que, em casos mais severos, pode levar à perda dentária.

No âmbito desta investigação, e para conseguirem tratar a periodontite, os investigadores colocaram uma membrana fina entre a gengiva inflamada e os dentes. O objetivo era que essa membrana bloqueasse a infeção das gengivas e ao mesmo tempo libertasse antibióticos ou outro tipo de medicação para regeneração do tecido gengival.

Nigel Carter, chief executive da Oral Health Foundation, em declarações publicadas no site oficial da OHF, disse que esta investigação pode ser extremamente promissora. “Milhões de pessoas em todo o mundo perde dentes devido à periodontite, o que pode ter um impacto severo na sua vida. Também pode impactar a confiança e o bem-estar mental, assim como o risco de desenvolvimento de outros problemas de saúde.”

Vários estudos conseguiram demonstrar, ao longo dos anos, que as doenças da gengiva estão relacionadas com outras patologias, como a diabetes, doenças cardiovasculares e até mesmo a demência.