Investigação

Infeções dentárias não detetadas aumentam risco de doenças cardíacas

dentista a fazer check-up

As infeções dentárias não detetadas podem aumentar o risco de doenças cardíacas em três vezes. A conclusão é de um estudo recentemente publicado na revista científica Journal of Dental Research e citado pela Oral Health Foundation, que revela que as pessoas com infeções dentárias não tratadas têm mais probabilidades de sofrer de problemas cardíacos como doença arterial coronária.

Nigel Carter, CEO da Oral Health Foundation, refere que “esta investigação é preocupante já que as infeções dentárias são inicialmente causadas por cáries dentárias, que são desencadeadas por más rotinas de higiene oral e uma dieta com demasiado açúcar”.

De acordo com os especialistas, este tipo de infeções podem, no entanto, ser facilmente evitadas com a adoção de bons hábitos de higiene oral. “Felizmente manter uma boa higiene oral e cortar o risco é muito fácil. Através da escovagem dos dentes à noite e, pelo menos, uma outra vez durante o dia; cortando o consumo de alimentos e bebidas açucaradas e visitando o médico dentista de forma regular”, refere Nigel Carter.