Quantcast
Saúde Oral

Estudo de 50 anos revela que dietas açucaradas afetam saúde periodontal

Estudo confirma que doença periodontal pode causar hipertensão

Ao estudar 50 anos de dados clínicos e pesquisas, cientistas do departamento de medicina dentária e saúde oral da Universidade de Aarhus concluíram que uma dieta açucarada também pode promover doenças periodontais. O estudo Integrated hypothesis of dental caries and periodontal diseases foi publicado no Journal of Oral Microbiology.

“Eu tive a ideia ao ler o artigo de Hujoel publicado no Journal of Dental Research, no qual discute a relação entre hidratos de carbono dietéticos e doenças dento-sistémicas“, explicou Bente Nyvad, investigadora principal do estudo, citada pelo Dental Tribune International.

No estudo, Nyvad refere que, ao contrário do conhecimento geral, a ingestão em excesso de hidratos de carbono pode contribuir para a inflamação do tecido periodontal, como resultado da hiperglicemia. Durante mais de meio século, todos os profissionais foram ensinados que as bactérias são a principal causa de gengivite e outras doenças periodontais, mas este estudo revela que há evidências substanciais de que os açúcares dietéticos são fatores modulatórios no desenvolvimento da doença periodontal.

Durante a pesquisa, a eliminação dos açúcares refinados na dieta “paleo” reduziu a gravidade da inflamação nas gengivas, num período de quatro semanas sem higiene oral. O estudo revelou ainda que os diabéticos do tipo 1 podem desenvolver uma resposta inflamatória mais precoce e mais elevada do que os não diabéticos quando expostos a bactérias. Há assim fortes indicações de que a hiperglicemia está relacionada com a doença, apesar de o mecanismo patogénico ainda não ter sido esclarecido.

De acordo com Nyvad, “as doenças periodontais são doenças multifatoriais. Se os açúcares dietéticos são uma causa importante, como sugerimos, os dentistas terão de incluir o controlo do açúcar como uma medida preventiva para combater estas doenças no futuro. Até agora, os dentistas têm instruído principalmente os seus pacientes a realizar uma melhor higiene oral para curar doenças periodontais. Isto pode explicar o motivo que leva os pacientes a nem sempre responderem bem ao tratamento”.

A restrição de açúcar na alimentação beneficia os dentes e pode ter um efeito positivo em várias doenças inflamatórias comuns, como diabetes, obesidade e doenças cardiovasculares.