Saúde Oral

Dentistas querem cheques-dentista a partir dos dois anos de idade

Dentistas querem cheques-dentista a partir dos dois anos de idade

A Ordem dos Médicos Dentistas (OMD) quer que o cheque-dentista seja alargado a todas as crianças com idades a partir dos dois anos de idade. De acordo a Ordem que representa os dentistas, 60% das crianças portuguesas com menos de seis anos nunca foi ao dentista.

Estes números constam do Barómetro de Saúde Oral 2018, publicado pela Ordem dos Médicos Dentistas, organização que considera “um erro brutal em termos de saúde pública” o facto de o SNS só acompanhar de forma regular as crianças a partir dos seis anos de idade.

Orlando Monteiro da Silva, bastonário da OMD, citado pela Lusa, explica que as crianças, “aos 24 meses, já têm a sua dentição temporária colocada na boca e é também necessário tratar os dentes de leite. São dentes temporários, mas são dentes para conservar e tratar”.

O Barómetro de Saúde Oral agora publicado mostra que 63% das crianças portuguesas em idade pré-escolar nunca visitou um médico dentista, uma percentagem que cai para metade (30%) quando se analisa a população portuguesa no global, com um terço portugueses a indicar que só vai ao dentista em situação de urgência.

Atualmente, o cheque-dentista disponível para crianças a partir dos seis anos de idade e abrange apenas as crianças que frequentam escolas do ensino público.