Eventos

Congresso anual da ESCD espera mais de 600 participantes

A edição de 2018 do Congresso Anual da European Society of Cosmetic Dentistry (ESCD) arranca esta quinta-feira (20 de setembro), na FIL, em Lisboa. Paulo Monteiro, médico dentista que representa Portugal na European Society of Cosmetic Dentistry (ESCD), como Portuguese Chairperson, revela à SAÚDE ORAL que Portugal está preparado para “mostrar a vitalidade da nossa Medicina Dentária”.

De acordo com o médico dentista português, este é um evento que “pretende ser abrangente em várias áreas relacionadas com a estética dentária, desde a prostodontia, dentisteria, periodontologia, implantologia, ortodontia. Isto porque vivemos numa era em que os tratamentos têm que ser planeados e executados de uma forma multidisciplinar. Mas sem dúvida que a estética será a palavra de ordem do Congresso.”

Para Paulo Monteiro, “a diversidade do programa é a mais valia do Congresso. Quando pensámos nos nomes dos palestrantes, tentámos desde logo trazer a Portugal as pessoas que mais se têm destacado nas suas áreas, desde as mais novas às mais experientes, estrangeiros e portugueses. Sobretudo pretendemos dar a possibilidade aos participantes de num só evento poderem usufruir de diversas palestras e cursos hands-on com uma elevada qualidade clínica e científica.”

A realização do evento em Portugal resulta de um convite do presidente da European Society of Cosmetic Dentistry, Florin Lazarescu, e de acordo com Paulo Monteiro, tem tudo para correr bem.
“Lisboa, e Portugal em geral, é atualmente um dos destinos mais procurado pelos turistas. Estando nós num local privilegiado na Europa e com um excelente clima nesta altura do ano, poderia ser ainda mais um incentivo para que mais participantes aderissem ao evento. As minhas expectativas não poderiam ser melhores. Há sempre o nervoso miudinho nos dias e horas antes do evento, esperando que tudo corra bem.”

“A nossa equipa trabalhou para que tudo esteja pronto para receber todos os congressistas, palestrantes e expositores e para que o evento seja um sucesso. Neste momento, e estando ainda a um dia do Congresso, já temos mais de 600 inscrições e os cursos hands-on e eventos sociais estão lotados. A grande maioria dos participantes vem de fora de Portugal. Com estes números, e pelo entusiasmo dos colegas que nos visitam, só esperamos que todos possamos desfrutar deste Congresso, e mostrar ao mundo o quão bem sabemos receber, organizar e mostrar a vitalidade da nossa Medicina Dentária”, conclui.