Tecnologia

Cientistas criam tecnologia de impressão 3D que elimina bactérias

Um grupo de investigadores da Universidade de Groningen, Holanda, desenvolveu uma tecnologia para a impressão 3D de dentes que também pode ajudar a eliminar bactérias. De acordo com os cientistas, a tecnologia funciona pela ação de sais de amónio quaternário antimicrobianos embutidos em polímeros de resina, que são positivamente carregados e acabam por interromper a ação de membranas bacterianas carregadas negativamente, levando-as a morrer.

“O material pode matar bactérias através do contacto, mas por outro lado não é prejudicial para as células humanas”, referem os responsáveis pela inovação.

O material já foi utilizado para imprimir vários objetos dentários, como dentes e aparelhos ortodônticos, e os resultados demonstraram que tem a capacidade de matar cerca de 99% das bactérias, um resultado muito positivo face ao material sem os sais de amónio quaternário antimicrobianos, que apenas mata cerca de 1% das bactérias.

De acordo com os investigadores, o material ainda não está preparado para o mercado, mas para já continuará a ser usado em ensaios clínicos para avaliação da sua utilização e da compatibilidade com pastas dentífricas.