- Saude Oral - https://www.saudeoral.pt -

Centros de saúde dos Açores vão fazer rastreios ao cancro oral

Os centros de saúde dos Açores vão começar a fazer rastreios ao cancro oral já no final deste mês. De acordo com o secretário regional da Saúde, o cancro oral regista uma média anual de 57 casos só no arquipélago dos Açores.

De acordo com Rui Luís, secretário regional da Saúde, o programa de rastreios ao cancro da cavidade oral que será implementado nos Açores “é um programa bastante abrangente e pensamos que durante este ano conseguimos chamar cerca de 25 mil açorianos para fazer este rastreio junto das unidades de saúde e começaremos com as pessoas que durante este ano façam 40, 45, 50, 55, 60, 65 e 70 anos.”

Por outro lado, qualquer pessoa a quem já tenha sido detetada alguma anomalia já está automaticamente no sistema, independentemente da idade, e será convocada para uma consulta no dentista da sua unidade de saúde. Nos casos em que existirem sinais de alerta, os utentes serão encaminhados para a realização de uma biópsia.

“Temos cerca de 57 casos detetados anualmente e o problema é que têm uma taxa de mortalidade de 50%”, referiu ainda Rui Luís.