Quantcast
Saúde Oral

Capacitação em saúde oral é aposta da Mundo A Sorrir na Guiné-Bissau

A Mundo a Sorrir, em cooperação com a população da Guiné-Bissau, está a apostar no projeto “Saúde A Sorrir: Educação para a Saúde”.

A Mundo A Sorrir, em cooperação com a população da Guiné-Bissau, está a apostar no projeto “Saúde A Sorrir: Educação para a Saúde”, que pretende contribuir para o fortalecimento institucional do sistema de saúde e para a melhoria da saúde pública e oral. O projeto é financiado pela Direção-Geral da Saúde e pelo International College of Dentists.

Em comunicado, a organização revela que a iniciativa intervém no âmbito da educação em saúde na região de Bissau e dirige-se às populações mais vulneráveis socioeconomicamente, nomeadamente à comunidade escolar, estudantes universitários e profissionais de saúde.

“A falta de recursos humanos no setor da saúde é um dos maiores desafios que o país enfrenta na prestação de cuidados à população. Apesar dos investimentos realizados para aumentar o número de profissionais de saúde, este não se traduziu num aumento de médicos especialistas, que por falta de ofertas de formação e remuneração adequada, migram para outros países e acabam por não voltar”, alerta a Mundo A Sorrir.

Além da saúde oral, o projeto “Saúde A Sorrir: Educação para a Saúde” pretende ampliar a oferta de formação na psiquiatria e oftalmologia, de forma a colmatar as dificuldades enfrentadas e possibilitar o desenvolvimento de áreas de saúde pouco desenvolvidas no país.

A intervenção do projeto divide-se em três eixos estratégicos:

  • capacitação dirigida à comunidade escolar focada na sensibilização para a saúde oral e outras vertentes da saúde;
  • a capacitação direcionada aos estudantes universitários que visa aumentar a oferta e a qualificação dos profissionais e estudantes de saúde, através do desenvolvimento de módulos específicos em saúde oral, psiquiatria e oftalmologia;
  • Capacitação desenvolvida para os profissionais de saúde do país cujo objetivo passa pelo apoio aos profissionais de saúde oral, contemplando o ensino de boas práticas de prevenção.

O projeto “Saúde A Sorrir: Educação para a Saúde” está a ser implementado em parceria com as entidades locais, sendo elas o Ministério da Saúde Pública da Guiné-Bissau, a Universidade Piaget, o Hospital Nacional Simão Mendes, o Instituto Nacional de Saúde Pública da Guiné-Bissau, a Missão Semide e a ONG Pronto Socorro.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?