Quantcast
Stress

BDA está preocupada com o stress na medicina dentária

Kit português de diagnóstico deteta cancro oral em minutos

A British Dental Association (BDA) revelou na passada semana que o stress na medicina dentária e os casos de ansiedade e insatisfação no local de trabalho estão a crescer. A associação quer agora combater a ansiedade e o stresse entre médicos dentistas, doenças mentais que, segundo a associação, “não têm recebido o reconhecimento que merecem.”

“Durante demasiado tempo o stresse e a ansiedade na profissão dentária não receberam o reconhecimento que merecem. Já todos vimos quais são os custos, com amigos, com colegas o até mesmo na nossa própria vida profissional”, explicou Mick Armstrong, Chairman do Comité executivo da BDA.

Um estudo da BDA divulgado em 2014 mostrava que 39% dos dentistas britânicos reportava elevados níveis de stresse. “Queremos garantir que os dentistas recebem o apoio de que necessitam, quando necessitam, para que possamos começar a combater estes problemas diretamente na fonte. Estamos neste momento a finalizar uma estratégia para os próximos três anos”, revelou Armstrong.

Assim, nos próximos dois anos, a BDA irá conduzir um conjunto de estudos junto de dentistas que já experienciaram doenças mentais com o objetivo de analisar o impacto no trabalho diário.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?