Saúde Oral

ARS Algarve quer cadeiras de dentista em todos os Centros de Saúde algarvios

70% dos dentistas diz que tabela de valores de referência para a prestação de serviços “é importante”

A Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve tem atualmente cinco gabinetes de Saúde Oral, com médicos dentistas e assistentes de medicina dentária, que asseguram as consultas de Medicina Dentária nos Centros de Saúde de Faro, Lagos, Loulé, Portimão e Tavira. O objetivo e que, até ao final do ano, a consulta se estenda a todos os Centros de Saúde algarvios.

No dia 15 de janeiro Raquel Duarte, secretária de Estado da Saúde, visitou duas das cinco Consultas de Saúde Oral do Serviço Nacional de Saúde no Algarve, as de Lagos e Loulé.

De acordo com o jornal Sul Informação, que cita Paulo Morgado, presidente da ARS algarvia, “neste momento há cinco cadeiras de dentista em funcionamento no Algarve. As que foram instaladas mais recentemente são as duas que visitámos hoje, em Lagos e em Loulé, que entraram em funcionamento em setembro de 2018. Ainda no primeiro trimestre de 2019 vamos abrir a de Vila Real de Santo António e queremos, até final do ano, ter pelo menos uma cadeira de dentista em todos os concelhos do Algarve”, referiu à margem da visita ao Centro de Saúde de Loulé.

Para que o objetivo possa ser cumprido, as Câmaras algarvias vão dar uma ajuda. Em Lagos e Loulé, a resposta ao nível da saúde oral foi instalada com o apoio financeiro das respetivas autarquias. E há mais municípios dispostos a facilitar a instalação destas valências.

“Em Silves, o protocolo vai em breve a Reunião de Câmara e Aljezur também já fez saber que quer assinar o protocolo. Contamos com praticamente todas as autarquias algarvias neste projeto”, referiu Paulo Morgado.

“O que estamos a pedir às Câmaras é que nos deem apoio financeiro no sentido de adquirir algum do equipamento necessário. Não cobre a totalidade do investimento, como os consumíveis e profissionais, que são da responsabilidade da Administração Regional de Saúde. No fundo pedimos que nos ajudem na fase inicial, com um subsídio para a aquisição de material”.

Já na opinião de Raquel Duarte, “abrir cadeiras de dentista nos Centro de Saúde é muito importante. É assustador o número de pessoas que vemos nestas consultas que nunca foram ao dentista nem tiveram um cuidado em termos de saúde oral”.