Ortodontia

Aparelhos ortodônticos ‘caseiros’ preocupam comunidade médico-dentária

Basta uma pequena pesquisa na Internet para perceber que são cada vez mais os vídeos, sites e blogs que explicam como ‘fabricar’ o próprio aparelho ortodôntico sem ter que recorrer a um médico dentista e sem ter que gastar muito dinheiro. O problema está a preocupar a comunidade médico-dentária e, de acordo com a British Orthodontic Society pode ter sérias implicações na saúde dos mais ‘aventureiros’.

A tendência já chegou ao ponto de existirem sites que se dedicam apenas à venda de componentes para estes aparelhos dentários ‘caseiros’ . Richard George, diretor de relações externas British Orthodontic Society, refere que “no que diz respeito à saúde dos dentes, cortar atalhos é uma má ideia. Comprar componentes online que endireitam os dentes sem examinação clínica e embarcar num tratamento sem supervisão é arriscado e pode causar danos permanentes”.

A associação refere ainda que os pacientes devem estar conscientes de que estes sites não são regulados e não são da responsabilidade de médicos dentistas, o que significa que se algo correr mal não existe qualquer tipo de proteção para os pacientes.