Clínicas dentárias

Administração da Oralmed desmente rumores de venda

Oralmed vai abrir 8 novas clínicas até ao final de 2018

No seguimento de rumores de uma possível venda da rede de clínicas Oralmed a um grupo de investidores estrangeiros, a administração afastou essa possibilidade. “Não é uma realidade, a venda é um cenário que não se coloca. Estamos empenhados no que é o crescimento, expansão e consolidação do grupo”, avançou Eduardo Pinto à SAÚDE ORAL.

Até ao final do mês de abril, a Oralmed tem prevista a abertura de cinco novas unidades, o que irá totalizar 45 unidades de norte a sul do país. Segundo informação a que tivemos acesso, a venda poderia ser consumada quando o Grupo atingisse as 50 clínicas, um cenário que Eduardo Pinto sublinhou que “não se coloca”.

Em outubro de 2018, numa entrevista à SAÚDE ORAL, o administrador da Oralmed falou sobre o investimento que estava a ser feito em novos projetos, que ronda os “7 milhões de euros e em 2019 teremos um investimento igual ou superior por tudo aquilo que vamos querer fazer em termos de expansão”.

Quanto a receitas, Eduardo Pinto não revelou essa informação, mas adiantou que tudo tem corrido “de forma muito positiva. Temos conseguido fazer este trajeto de crescimento porque no dia-a-dia os nossos pacientes dão-nos essa resposta positiva e é assim que temos suportado esse crescimento”.