Quantcast
Saúde Oral

Calor beneficia reprodução de germes nas próteses dentárias

Calor beneficia reprodução de germes nas próteses dentárias

O Colegio de Dentistas de Santa Cruz de Tenerife recomendou uma higiene extrema das próteses dentárias durante o verão, uma vez que as altas temperaturas beneficiam a reprodução de germes. Tal pode levar ao possível desenvolvimento de fungos, que por sua vez podem ser a causa de patologias como a candidíase oral, nota o portal Gaceta Dental.

Para evitar que isto aconteça, a entidade recomenda que, após cada refeição, a pessoa que usa a prótese a lave com água fria, em caso de removível. No caso de próteses fixas, deve-se escovar os dentes.

 

Outro ponto elencado pelo Colegio de Dentistas de Santa Cruz de Tenerife é que, mesmo sendo verão, as próteses dentárias devem permanecer o maior tempo possível na boca.

Embora seja aconselhável descansar em determinados intervalos, como na hora de dormir, as próteses devem ser mantidas, uma vez que os tecidos da boca e os restantes dentes naturais devem habituar-se a eles. Além disso, também ajuda a evitar o recuo das gengivas na ausência de dentes.

 

O Colegio de Dentistas de Santa Cruz de Tenerife lembra ainda que as próteses precisam de ser verificadas de tempos a tempos, uma vez que as gengivas e os dentes naturais podem mover-se e mudar.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?