Médicos Dentistas

Médico dentista Manuel Neves apoia candidatura de Miguel Pavão

Como Manuel Neves superou as mudanças de 2017 e o que prepara para 2018

A página oficial de Facebook do candidato a bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas, Miguel Pavão, publicou um vídeo de apoio do experiente médico dentista Manuel Neves.

No vídeo, Manuel Neves justifica o apoio a esta candidatura pela capacidade que o candidato tem de “imprimir um novo rumo na Ordem, elevando a profissão de médico dentista enquanto atividade essencial para a saúde dos portugueses”, além de “combater a exploração da mão de obra barata, dar condições justas aos médicos dentistas que também são empresários e para criar uma carreira no SNS para que os jovens não caiam no desemprego”.

Também no site da candidatura, Manuel Neves deixou o seu apoio, referindo que “é do consenso geral, que nas instituições democráticas é saudável uma mudança/alternativa, após um período que permita a cada direção pôr em prática o programa a que se propôs” e que seria altura de direção dar “lugar a novos colegas”.

As eleições da OMD estão previstas para 27 de junho de 2020.

As candidaturas de listas deverão ser apresentadas até às 24 horas do dia 15 de maio, podendo ser realizadas por via postal registada com aviso de receção, ou por meios eletrónicos, respetivamente para a sede da OMD ou para omdsede@omd.pt.

Depois da desistência do médico dentista Ricardo Oliveira Pinto e de o atual bastonário, Orlando Monteiro da Silva, anunciar que não se iria recandidatar, Miguel Pavão é atualmente o único candidato a bastonário da OMD.

Manuel Neves, Mandatário de Candidatura

Manuel Neves – "Apoio o Miguel Pavão porque tem a capacidade de imprimir um novo rumo na Ordem, elevando a profissão de médico dentista enquanto atividade essencial para a saúde dos portugueses, e para combater a exploração da mão de obra barata, dar condições justas aos médicos dentistas que também são empresários e para criar uma carreiras no SNS para que os jovens não caiam no desemprego"

Publiée par Miguel Pavao sur Jeudi 14 mai 2020