Flúor

EUA atualiza nível de flúor considerado adequado em redes públicas de água

EUA atualiza nível de flúor considerado adequado em redes públicas de água

O Departamento de Saúde dos Estados Unidos da América divulgou na passada semana os níveis de flúor que considera adequados para as redes públicas de água como forma de prevenir as cáries dentárias. De acordo com a recomendação emitida, deve existir um total de 0,7 miligramas de flúor por cada litro de água.

Esta recomendação substitui o valor em vigor desde os anos 60 do século XX, 1,2 miligramas por cada litro de água, e resulta de um estudo iniciado em 2010 e que contou com um painel de cientistas que estudaram os efeitos do flúor na água.

De acordo com o Governo norte-americano, a mudança do nível foi recomendada porque “os norte-americanos têm, atualmente, acesso a mais fontes de flúor, como nas pastas dentífricas.”

Contudo, “apesar de hoje existirem fontes adicionais de flúor, a água deve continuar a conter flúor. O flúor na rede pública de água continua a reduzir as cáries dentárias em crianças e adultos”, explica o Departamento de Saúde dos EUA.

Segundo dados do Governo dos EUA, a presença de flúor na rede pública de água do país levou a uma redução significativa quer da prevalência de cáries dentárias na população, como da severidade da doença.