Quantcast
Empresas

BTI lidera produção científica de bioempresas espanholas pelo sétimo ano consecutivo

bti

O Instituto de Biotecnologia BTI anuncia que foi a empresa com o maior número de publicações científicas (31 no total) em 2021. Este é o sétimo ano consecutivo em que é classificada em número um na produção científica em Espanha.

A Associação Espanhola de Biocompanhias (AseBio) publicou o Relatório Anual da AseBio 2021, que cobre a situação e as tendências no setor da biotecnologia em Espanha. Na secção referente à produção de conhecimentos científicos por empresas espanholas, o Instituto de Biotecnologia BTI destaca-se como a empresa espanhola com o maior número de publicações em revistas científicas de impacto, 31 no total, seguida pela empresa MSD, com 21 publicações, e pelos laboratórios Grifols e Almirall, com 20 publicações cada.

 

“Os dados recolhidos no Relatório 2021 continuam a mostrar o Instituto de Biotecnologia BTI como uma das empresas espanholas com maior dedicação e envolvimento em I&D, uma vez que este é o sétimo ano consecutivo em que a empresa de biotecnologia baseada em Vitória é classificada como a empresa número um na produção científica em Espanha”, sublinha a BTI em comunicado.

Para Eduardo Anitua, fundador e diretor científico do BTI, recentemente galardoado com o Prémio Nacional de Inovação, “desde a sua fundação, o BTI tem estado firmemente empenhado na I&D como instrumento para encontrar novas soluções no campo da biomedicina que contribuam para melhorar a qualidade de vida de muitas pessoas. Estar de novo classificado no Relatório AseBio no topo da produção científica das bioempresas espanholas é um reconhecimento do trabalho de investigação e desenvolvimento que temos vindo a realizar há mais de 20 anos”.

 

 

 

 

 

 

 
Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?