Quantcast
Médicos Dentistas

Stanford considera Eduardo Anitua como o dentista espanhol mais influente do mundo

A nova edição do “Ranking of the World Scientists: World´s Top 2% Scientists”, elaborado pela Universidade de Stanford, colocou o diretor científico da BTI Biotechnology Institute, Eduardo Anitua, como o principal dos dez investigadores espanhóis do setor dentário que foram incluídos no ranking. O médico dentista ocupa o número 58 do ranking mundial.

Em comunicado, a BTI explica que a classificação, elaborada pela Universidade de Stanford e publicada pela Elsevier, baseia-se em vários parâmetros que incluem o número de publicações indexadas, citações, índice h, coautoria, etc. Como resultado, criou-se uma base de dados de mais de 185 mil publicações de primeiro nível em vários campos do conhecimento, que representam 2% dos investigadores mais relevantes de um total de quase sete milhões de cientistas no ativo em todo o mundo. Especificamente na área da medicina dentária, identifica 1 485 investigadores de todo o mundo, entre os quais estão incluídos dez espanhóis.

 

Nesta última versão do ranking também se identificam os investigadores mais influentes do último ano, atendendo ao impacto científico dos seus trabalhos publicados em 2020. Nesta lista, Eduardo Anitua volta a ser o primeiro entre dentistas espanhóis, ocupando a posição 27 do mundo.

O responsável considera “que entre os investigadores mais importantes do mundo apareçam nomes espanhóis quer dizer que a medicina dentária do nosso país está ao máximo nível. Encabeçar este ranking é uma grande honra e um compromisso para continuar a avançar no caminho da ciência e da inovação que empreendemos há mais de 30 anos”.

 
Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?