Quantcast
Saúde Oral

Redes sociais são das fontes mais consultadas sobre saúde oral durante pandemia

Um estudo revelou que a família, os amigos e as redes sociais foram as fontes de informação sobre saúde oral mais consultadas na pandemia.

Um novo estudo que analisou o medo de ir ao consultório dentário durante a pandemia da covid-19 revelou que a família, os amigos e as redes sociais foram as fontes de informação sobre saúde oral mais consultadas, avança o Dentistry.

Com um em cada três indivíduos com medo de ir ao consultório dentário, os investigadores quiseram analisar o porquê da fobia se desenvolver.

Os resultados mostraram que a prevalência do medo era de 45,7%, com as mulheres a terem um nível de medo “significativamente maior” do que os homens.

Um em cada três participantes (36,8%) disse que iria ao médico dentista em caso de emergência dentária durante a pandemia. Dos indivíduos que o visitaram, as principais razões são dor dentária (36,6%), dentes fraturados (36,1%) e inchaço facial (33,7%).

A equipa de investigação concluiu que os profissionais da dentária precisam identificar pacientes com medo e entender a causa subjacente. Só assim podem então utilizar técnicas adequadas de gestão do medo.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?