Quantcast
Saúde Oral

Procura por videoconsultas de medicina dentária aumentou nos últimos meses

A plataforma online de marcação de consultas de saúde Doctorino registou, durante o período de confinamento, uma maior procura dos portugueses por videoconsultas, incluindo de medicina dentária.

“Com base na análise de marcação de consultas realizadas nos meses de fevereiro a julho, o formato da consulta escolhido pelos portugueses alterou-se radicalmente. Se, no início do ano, 100% eram realizadas em clínicas de forma presencial, de março a maio, a pandemia levou a que 93,68% dos pacientes optassem por ter uma consulta em formato vídeo e apenas 6,35% por consultas físicas”, informou a Doctorino em comunicado.

Este foi um cenário que não se alterou, mesmo depois do desconfinamento: “No entanto, mesmo após o período de confinamento e com a reabertura de várias clínicas, a maioria dos portugueses que recorrem à Doctorino (95,93%) continuam a preferir as videoconsultas.”

Outro dado que se destaca é o crescimento expressivo da procura por apoio psicológico, que cresceu 500% na plataforma comparativamente aos primeiros meses do ano. Segundo a Doctorino, as consultas de medicina dentária também foram alvo de maior procura.

“Em relação às especialidades mais procuradas, além da área de psicologia, também as consultas de psiquiatria aumentaram cerca de 25%, durante o período de confinamento, devido ao aparecimento e agravamento de sintomas como ansiedade, stresse, angústia e medo. Já a procura por tratamentos dentários também aumentou ligeiramente, dado que o setor soube adaptar-se ao formato de videoconsulta, com tratamentos possíveis de serem feitos à distância”, pode ler-se no comunicado.

Segundo Nuno Gonçalves, cofundador e CEO da Doctorino, os dados dão-nos uma noção do impacto que a covid-19 teve na saúde e nas necessidades médicas dos portugueses: “Além das especialidades mais procuradas, é curioso ver que, se até há bem pouco tempo, a telemedicina era algo impensável, a pandemia veio promover a preferência por um acompanhamento médico, a qualquer momento e em qualquer local, com a devida distância de segurança. Este é um formato que veio, sem dúvida, revolucionar a relação entre médico e paciente e tornar a saúde mais acessível.”

De ressalvar ainda o crescimento, entre maio e julho, da marcação de consultas em novas categorias que estavam “adormecidas” nos meses anteriores, incluindo de implantologia.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?