- Saude Oral - https://www.saudeoral.pt -

Procura de tratamentos ortodônticos aumenta 39% em Espanha no primeiro semestre

Um estudo realizado pela rede dentária Clínicas W [1], durante o primeiro semestre do ano, revelou que a procura por tratamentos ortodônticos [2] aumentou 39% em Espanha comparativamente com a média de 2020, avança a Gaceta Dental [3].

A subida deve-se principalmente a duas razões: a obrigação de usar uma máscara e as limitações à atividade social, facto que permitiu a muitas pessoas poupar dinheiro suficiente para se submeterem a este tipo de tratamento.

 

A importância com a saúde oral também aumentou. 75% de mais de 3500 pessoas inquiridas atribuíram uma importância muito elevada à saúde oral, um valor significativamente superior ao registado pouco depois do início da pandemia (70%).

Além disso, a importância aumentou também à medida que a idade, sendo a saúde oral muito importante para 78% dos espanhóis com mais de 60 anos, em comparação com 69% dos menores de 21 anos.

 

Por outro lado, a confiança nos médicos dentistas em Espanha não tem diminuído ao longo da pandemia graças às medidas de segurança aplicadas nas clínicas dentárias. De acordo com os dados das Clínicas W, após o confinamento, o investimento em saúde oral cresceu 27% em relação ao ano anterior. 87% dizem considerar as clínicas dentárias como espaços seguros contra o coronavírus.

Mais de metade das pessoas (56%) diz valorizar mais o sorriso desde que a máscara começou a fazer parte do dia-a-dia.