OMD

Prisões pedem material de proteção à OMD

Mundo A Sorrir recolhe de equipamentos de proteção individual para distribuir nos hospitais

Os serviços prisionais pediram material de proteção contra o coronavírus à Ordem dos Médicos Dentistas (OMD). De acordo com o Correio da Manhã, o diretor-geral dos Serviços Prisionais, Rómulo Mateus, terá enviado um e-mail à OMD, no qual pede a contribuição dos profissionais do setor para o envio de máscaras e luvas de proteção, perante a “escassez desesperante deste material de proteção individual que o setor vive”, cita a publicação.

Perante a “suspensão forçada da atividade dos médicos dentistas” devido à pandemia de Covid-19, o diretor-geral pede que “o stock ou parte dele, de máscaras e luvas, que exista nos consultórios dentistas do País, possa ser canalizado para auxílio dos estabelecimentos prisionais”.

A publicação avança que terá contactado fonte oficial dos Serviços Prisionais, que “optou por não responder ao pedido de comentário sobre este e-mail”. O Correio da Manhã refere que mesmo responsável garantiu “que já foram distribuídos kits de proteção individual (máscaras, luvas e desinfetante), pelas equipas clínicas de todas as prisões”, tendo acrescentado que “por não haver ainda qualquer caso confirmado de Covid-19 no sistema prisional, este equipamento só será distribuído em caso de infeções confirmadas”.

Contactada pela SAÚDE ORAL, a OMD confirmou a informação no seu site e disponibilizou o contacto da enfermeira-chefe Maria João Eliseu (emailmjeliseu@dgsp.mj.pt e número 918625109) para os médicos dentistas que quiserem colaborar.

De relembrar que no inquérito online realizado pela OMD, a 13 de março de 2020, cerca de 64% dos dentistas revelaram disponibilidade para ajudar em campanhas de apoio ao combate da pandemia Covid-19.

Na reunião realizada com a ministra da Saúde, Marta Temido, e as restantes ordens profissionais de saúde, a OMD transmitiu esta disponibilidade, tendo ficado acordado que a participação seria implementada no âmbito da Plataforma de Registo para Reforço de Resposta em Telessaúde à Pandemia da Covid-19.

Apesar de o Governo ter determinado a suspensão de “toda e qualquer atividade de medicina dentária, de estomatologia e de odontologia, com exceção das situações comprovadamente urgentes e inadiáveis”,há ainda assim profissionais do setor que continuam a desempenhar as suas funções. Recentemente, aAssociação de Médicos Estomatologistas Portugueses (AMEP) solicitou às clínicas e consultórios que se encontram fechados que cedessem equipamentos de proteção aos médicos dentistas que se encontram de serviço nas urgências hospitalares.

Perante os desenvolvimentos e as medidas adotadas, o bastonário da OMD, Orlando Monteiro da Silva, dirigiu-se hoje, dia 25 de março, à classe e à sociedade.