Tecnologia

Opinião|Deve ou não usar fotografias e vídeos nos ‘posts’ da sua clínica?

Tomar opções é inevitável. Quando optamos por um caminho, preterimos outros. Sempre que optamos por A, a solução B ou C são colocadas de parte, mesmo que futuramente sejam recuperadas.

Na gestão das redes sociais de uma empresa, nomeadamente de uma clínica ou consultório, acontece o mesmo. É preciso tomar decisões, escolher entre A e B, sabendo que ambas as opções podem ter vantagens e desvantagens.

É necessário analisar bem ambas as opções, conferir as diferentes variáveis, sabendo que num determinado contexto uma opção pode ser mais vantajosa do que outra; mas que noutro contexto os papéis podem inverter-se. Uma das dúvidas mais frequentes em quem gere as redes sociais é saber qual é a melhor opção: fotografias ou vídeos?

O mundo de hoje

O marketing atual é muito distinto daquele que existia há décadas, pois o progresso no mundo foi avassalador. A Internet, aliada a telemóveis, a computadores fixos, a portáteis e a tablets, tornou fácil e rápido chegar a milhões de pessoas no mundo inteiro.

Assim, com as redes sociais, qualquer empresa, nomeadamente as da área da saúde, como uma clínica ou consultório, pode partilhar diversas informações, estabelecendo maior proximidade com os clientes que têm ou com os que pretendem atrair.

Cuidados a ter

Contudo, é necessário ter alguns cuidados, pois também pode ser prejudicial estar sob o escrutínio de milhões de pessoas. Os conteúdos criados devem ser bem planificados, pois erros ortográficos, por exemplo, serão expostos.

Qualquer conteúdo politicamente incorreto será usado contra a empresa. Qualquer publicação que transmita discriminação ou preconceito, por exemplo, terá um impacto negativo na população.

Uma empresa que não cumpra com prazos ou faça promoções ilegítimas será desmascarada e criticada pela comunidade global.

Redes sociais

As redes sociais são um alicerce importante do marketing das empresas, nomeadamente das clínicas pois, como qualquer outro negócio, pode ver nas redes sociais um meio de levar o nome da empresa até a um maior número de pessoas.

Elas permitem comunicar de forma mais rápida e pessoal com os clientes já fidelizados e, também, com os potenciais clientes. Há uma partilha de informação imediata que pode levar a que uma empresa alcance o sucesso e a prosperidade de um modo mais rápido.

Diferenças

Diferentes redes sociais representam diferentes formas de estar, sendo necessário dominar-se diferentes técnicas. Não é possível ter sucesso nestas redes sem dominar o seu público-alvo e os seus vários desejos, necessidades, anseios e dificuldades.

As diversas redes sociais têm características diferentes, pois o seu público é distinto. Porém, todas podem revelar-se úteis para adquirir leads qualificados e levar a que os utilizadores sejam transferidos para o blogue e site da sua clínica, gerando tráfego de qualidade e transformando os leads, em números, em negócios bem-sucedidos.

Principais redes sociais

  • Facebook;
  • Twitter;
  • LinkedIn;
  • Instagram;
  • Pinterest;
  • Google+;
  • Tumblr;
  • Tik Tok; entre muitas outras.

A opção

A publicação de conteúdos nas redes sociais das clínicas passa por um momento decisivo que é o da escolha das fotografias ou vídeos. Mas a melhor opção está sempre dependente dos objetivos e dos conteúdos criados.

Divulgar casos clínicos tem características distintas do que apresentar artigos simples com informações ou dicas.

Conteúdos

A importância de planificar uma boa estratégia é, muitas vezes, desvalorizada. Muitos preferem precipitar-se, arriscando em vez de despender tempo a avaliar as múltiplas variáveis que fazem parte dos diversos conteúdos.

São inúmeros os conteúdos que podem ser criados e que, se forem bem planificados, podem gerar um retorno expressivo. Se não forem, não gerem retorno algum.

  • E-books;
  • Desenhos;
  • Gif;
  • Memes;
  • Vídeos;
  • Fotos;
  • Tutoriais;
  • Podcasts;
  • Lives; entre outros.

Objetivos

É preciso saber definir qual o objetivo da publicação de determinado conteúdo. Tal acontece em qualquer tipo de marketing, logo também ocorre no marketing digital, nomeadamente nas redes sociais.

Assim, como qualquer outro negócio, o seu consultório ou a sua clínica deve estabelecer bem quais os seus propósitos. Pretende apenas vender mais? Procura ser uma referência na área da atuação? Uma autoridade em determinados assuntos? Pretende divulgar o seu consultório ou clínica de forma a atrair um novo público? Pretende encontrar pessoas com determinadas qualificações, de forma a ter a trabalhar para si pessoas com bons conhecimentos?

Vídeos para as redes sociais

Os vídeos são dos conteúdos mais atrativos. A verdade é que o crescimento do YouTube revela isso mesmo. A imagem em movimento e a mensagem falada criam impacto. Contudo, para se planificarem devidamente os conteúdos em vídeo, é indispensável pensar os vídeos, para que eles se enquadrem nos diferentes formatos!

Por exemplo, se forem pensados para YouTube, Facebook, Linkedin e Twitter, os vídeos devem ser realizados na horizontal. Se forem pensados para Instagram, os vídeos devem ser pensados na horizontal, mas em quadrado (square). Já para o Instagram Stories (até 15 segundos), o vídeo deve ser realizado na vertical.

A duração é outra componente importante, devendo ter de 0:59 a 10 minutos para Instagram TV. Já para TikTok, o vídeo na vertical deve ter até 1 minuto.

Fotos para as redes sociais

O Instagram é uma das redes sociais mais conceituadas do momento. Surgiu no ano de 2010 e, desde então, revelou uma capacidade de crescimento notável. No Instagram, as fotos representam muito mais do que a simples publicação de uma fotografia. Há muita arte e engenho que é indispensável para fazer com que a foto se destaque das demais.

Ter um bom parceiro que tenha know-how em marketing digital e seja conhecedor do universo das clínicas e dos consultórios pode revelar-se precioso.

*Nuno Gonçalves é cofundador da Constant Circle e da Doctorino. Este artigo foi publicado originalmente no blogue da primeira empresa, que se assume como um estúdio de consultoria digital.