Quantcast
OMD

OMD e Universidade do Algarve estudam custos dos atos de medicina dentária

OMD e Universidade do Algarve estudam custos dos atos de medicina dentária

A Ordem dos Médicos Dentistas (OMD) juntou-se, através da assinatura de um protocolo, à Faculdade de Economia da Universidade do Algarve para realizar um estudo sobre os custos de 50 procedimentos clínicos. O objetivo é obter uma “clarificação dos argumentos a utilizar junto das seguradoras, no sentido da dignificação da prestação de cuidados de medicina dentária e uma ferramenta de gestão para os proprietários e diretores de clínicas”, revela o coordenador do grupo de trabalho da OMD, Rui Paiva.

Em nota do site, a OMD revela que a pesquisa, intitulada “Estudo do custo do ato de medicina dentária”, envolve docentes de economia da Universidade do Algarve porque a “integração no custo a apurar necessita de conhecimentos específicos nas áreas da economia, gestão, finanças e contabilidade”. Dessa maneira, caberá à Faculdade de Economia fazer “a incorporação dos dados que estamos a recolher”, acrescenta Teresa Alves Canadas, membro do grupo de trabalho da Ordem.

 

O protocolo agora estabelecido constitui “uma formalização da nossa cooperação”, indica Rui Paiva. Este “projeto teve início em agosto” do ano passado, adianta.

A cooperação com a Universidade do Algarve contempla um prazo de seis meses e, assim que o estudo estiver concluído, permitirá “definir uma estratégia” em conjunto com o Conselho Diretivo da Ordem.

 
Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?