Quantcast
Saúde Oral

Mundo a Sorrir anuncia iniciativa “Aprender a Ser Saudável”

A organização não governamental Mundo a Sorrir anunciou o seu projeto mais recente “Aprender a Ser Saudável”. A Iniciativa de Inovação e Empreendedorismo Social (IIES) visa a promoção da saúde oral e da alimentação saudável junto de crianças, em meio escolar.

Segundo comunicado da organização, esta iniciativa pretende envolver cinco mil crianças do pré-escolar e do 1.º ciclo, que frequentam agrupamentos de escolas do Município do Porto, 200 professores e 1750 encarregados de educação e família. A equipa técnica da Mundo A Sorrir terá presença contínua nas escolas, visitando-as periodicamente ao longo do ano letivo e desenvolvendo atividades com os professores e as crianças.

“A sua metodologia é pioneira, uma vez que as atividades são desenvolvidas em articulação estreita com o Pelouro da Educação do Município do Porto e com os responsáveis dos agrupamentos das escolas do Município”, explica a nota enviada à redação.

O “Aprender a Ser Saudável” vai iniciar o seu trabalho através da realização de oficinas com os professores de cada turma, para assegurar a sua formação e capacitação para implementação das atividades que a ONG pretende que sejam “diárias e contínuas no tempo”.

No final de cada ano letivo, a Mundo a Sorrir pretende que sejam promovidas ações de formação creditadas, dirigidas a todos os professores dos agrupamentos abrangidos por esta iniciativa, na área da saúde oral e alimentação saudável em meio escolar.

Estão também previstas atividades com as crianças, como a avaliação da condição da sua saúde oral e implementação da escovagem dentária e atividades que permitam que crianças mais velhas trabalhem os temas da saúde oral e da alimentação saudável com as crianças do jardim de infância. O objetivo é que os mais velhos se tornem agentes de promoção de saúde oral entre os seus pares, promovendo a sua responsabilização dentro da comunidade.

Finalmente, serão envolvidas as associações de pais, tendo em vista a mudança de hábitos e a implementação de rotinas saudáveis no dia-a-dia familiar. A iniciativa integrará ainda voluntários estudantes de cursos de saúde, promovendo no seio da comunidade estudantil a cidadania e o espírito de solidariedade.

O projeto “Aprender a Ser Saudável” é cofinanciado pelo PO ISE, Portugal 2020 e o Fundo Social Europeu da União Europeia, no âmbito da Tipologia de Operação “Programa de Parcerias para o Impacto” (T.0 3.33) do organismo intermédio “Portugal Inovação Social”, e tem como investidor social a Câmara Municipal do Porto.