Quantcast
Médicos Dentistas

Médicos dentistas disponíveis para colaborar no combate à pandemia

Covid-19: médicos dentistas britânicos assistem em partos para ajudar o NHS

O bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD), Miguel Pavão, assegurou, em entrevista ao Diário de Notícias, que os médicos dentistas estão disponíveis para ajudar no combate à pandemia.

De acordo com o representante, a OMD já “demonstrou a sua disponibilidade ao Ministério da Saúde, nomeadamente para as linhas de apoio de informação (SNS 24), para os rastreios, e ainda na vertente burocrática, com a introdução de dados no SINAVE (Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica)”.

Miguel Pavão destacou ainda a possibilidade de intervenção do médico dentista na comunidade por forma a transmitir “conhecimento e informação em benefício das populações”.

Em março, num inquérito realizado online pela OMD, cerca de 64% dos dentistas revelaram disponibilidade para ajudar dado o contexto pandémico.

Ainda em abril, o deputado do CDS, João de Almeida Pinto, tinha também proposto o reforço dos centros de testes com médicos veterinários e dentistas, por forma a assegurar a devida realização dos testes.

Já no Reino Unido, durante abril, alguns médicos dentistas chegaram mesmo a prestar assistência na maternidade, na unidade de cuidados críticos, nas urgências, no Centro de Tratamento Urgente e outros realizam testes de covid-19 para ajudar a aliviar a pressão do serviço nacional de saúde britânico (NHS) perante a pandemia de coronavírus.

Na entrevista ao Diário de Notícias, o bastonário reiterou que “a OMD e os médicos dentistas estão disponíveis, como sempre estiveram, para colaborar no sentido de vencermos esta pandemia”.

*Não perca a entrevista a Miguel Pavão na edição de setembro/outubro de 2020 da SAÚDE ORAL, que estará disponível em breve e de novo em papel.