Quantcast
Saúde Oral

Malo Clinic lembra algumas condições orais comuns nas mulheres

A Malo Clinic, no âmbito das comemorações do Dia Internacional da Mulher, na passada terça-feira, dia 8 de março, lembrou que, devido às alterações fisiológicas que ocorrem durante a puberdade, a gravidez e a menopausa, as mulheres possuem uma maior propensão para desenvolver determinadas condições orais. No entanto, nota que alguns estudos demonstram que as mulheres têm uma atitude mais preventiva e positiva associada a bons hábitos de higiene oral e visitas regulares ao dentista.

“Enquanto mulheres, estas estão mais propícias a desenvolver determinadas complicações na boca e dentes, por exemplo, devido a medicação específica para a menopausa, à gravidez ou até mesmo ao stresse. Assim, torna-se fundamental que sejam acompanhadas pelo médico dentista em todas as fases da sua vida, através de consultas regulares que previnam futuros problemas e mantenham a correta higiene oral”, explica a médica dentista na Malo Clinic Lisboa, Inês Caldeira Fernandes.

 

Neste sentido, Inês Caldeira Fernandes destaca três condições orais mais comuns nas mulheres:

  • Gengivite e Periodontite: durante a gravidez, devido às alterações hormonais, existe uma maior propensão para desenvolver gengivite, uma condição que consiste numa inflamação gengival acompanhada por hemorragia. “Também as alterações hormonais ocorridas durante a puberdade podem contribuir para uma alteração da flora bacteriana da cavidade oral e, consequentemente, contribuir para uma maior suscetibilidade para o desenvolvimento de gengivite e periodontite”, aponta;
  • Síndrome da “Boca Ardente” / Burning Mouth Syndrome: os períodos de menopausa e pós-menopausa desencadeiam várias alterações hormonais, pelo que as mulheres estão mais sujeitas a desenvolver complicações como a Síndrome da “Boca Ardente” – sensação frequente de queimadura e ardor na língua, mucosas orais, gengivas e lábios;
  • Perda de dentes: Complicações como a gengivite e a periodontite, caso não sejam detetadas, diagnosticadas e tratadas atempadamente, podem resultar na perda de dentes, em casos mais avançados.
Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?