Quantcast
Saúde Oral

Mais de dois milhões de cheques-dentista não foram utilizados desde 2008

Mais de dois milhões de cheques-dentista não foram utilizados desde 2008

Desde o lançamento do Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral, há 12 anos, que já foram emitidos mais de sete milhões de cheques-dentista. No entanto, apenas cinco milhões foram utilizados, avança o Jornal de Notícias. Em declarações à TSF, o bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD), Miguel Pavão, afirma querer perceber o que aconteceu aos cheques não utilizados.

Nos últimos cinco anos a taxa de utilização tem estado em queda, apesar de esta rondar os 70%. Já foram atendidos 3,8 milhões de utentes, sobretudo crianças e jovens até aos 18 anos, mas também grávidas num total de 20 milhões de tratamentos.

O Governo tem prevista uma auditoria ao programa ainda este ano que ainda não avançou devido à pandemia. Esta auditoria pretende confirmar que todos os tratamentos pagos pelos cheques-dentista foram efetivamente realizados.

A OMD defende que a auditoria deve ir mais além para perceber se o investimento feito teve impacto e produziu resultados na saúde oral da população. Ouvido pelo JN, o bastonário da Ordem pede uma reformulação do programa que considera estar mal construído de raiz.

Em declarações à TSF, Miguel Pavão quer perceber o que aconteceu aos dois milhões de cheques-dentista que não foram usados nos últimos 12 anos.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?