Quantcast
Eventos

Gerar oportunidades de negócio e impulsionar a atividade da indústria dentária

Tecnologia ao serviço dos profissionais” é o lema da Expodental 2022, que com uma nova imagem, procura destacar o papel de soluções digitais inovadoras para o avanço e transformação do setor dentário. O ponto de encontro da indústria dentária, realizar-se-á entre 24 e 26 de março, na IFEMA Madrid. Nas palavras da diretora da Expodental, Ana Rodriguez, esta edição aspira aumentar o número de visitantes internacionais.

Quais são os objetivos da organização para a edição de 2022 da Expodental?

Como em todas as edições, a Expodental pretende ser o ponto de encontro da indústria dentária, com o intuito de gerar oportunidades de negócio para as empresas e profissionais. Esta feira é também uma das maiores montras internacionais do setor dentário, cujo objetivo passa por reunir uma oferta totalmente representativa de inovações tecnológicas em maquinaria, implantes, próteses e equipamentos dentários − uma oferta que caracteriza o progresso significativo deste setor −, bem como aumentar o número de profissionais nacionais e internacionais que visitam a feira de dois em dois anos.

 

“As nossas expectativas atuais passam por atingir o número de visitantes registados nas feiras realizadas antes da pandemia. No que diz respeito aos expositores, já confirmámos mais de 270 empresas que irão preencher os pavilhões.”

Têm definida alguma novidade para a edição deste ano?

A novidade mais notável deste ano é a II Mesa Redonda Iberoamericana, dirigida pelo Dr. Oscar Castro, presidente do Consejo General de Dentistas de Espanha, que trabalha com o desafio de partilhar sinergias e promover o intercâmbio de conhecimentos entre os profissionais da odontologia de países Ibero-Americanos.

 

A par desta novidade, destaca-se também a nova imagem da Expodental, que sob o lema “Tecnologia ao serviço dos profissionais” procura destacar o papel das soluções e ferramentas digitais inovadoras como aliados essenciais para o avanço e transformação do setor dentário.

Além disso, a Comunidad Valenciana será este ano convidada da Expodental, numa iniciativa que, em cada edição, se centra num país ou região de interesse para as empresas expositoras, com o objetivo de promover a presença dos seus profissionais, oferecendo-lhes uma série de vantagens para facilitar a sua visita.

 

“A nova presidente do Comité Organizador, Sonia Gómara, tem mantido amplamente a sua estrutura e dará especial ênfase ao reforço da internacionalidade, representatividade e dinamismo desta grande plataforma que, de dois em dois anos, contribui para gerar oportunidades de negócio e impulsionar a atividade da indústria dentária.”

Como irá refletir-se a pandemia na organização? A exposição sofreu alguma alteração?

A IFEMA Madrid está a trabalhar para manter um espaço seguro no qual se possa realizar a Expodental e as restantes feiras. Estamos a trabalhar para garantir a segurança de todos os profissionais durante o evento e, para isso, estabelecemos um protocolo rigoroso que inclui todas as ações necessárias para organizar o fluxo de participantes e a sua mobilidade. Além do controlo de capacidade e medidas estruturais como a distribuição espacial, os corredores dentro dos pavilhões foram consideravelmente alargados. Além disso, foi incorporado o registo digital para eliminar o contacto direto, bem como as mais recentes tecnologias para a segurança sanitária e especialmente para a constante renovação do ar nos corredores. Tudo isto contribuirá para que a próxima edição da Expodental, que realizar-se-á entre 24 e 26 de março, seja um sucesso completo.

Quais são as suas expectativas relativamente ao número de expositores e visitantes?
 

As nossas expectativas atuais passam por atingir o número de visitantes registados nas feiras realizadas antes da pandemia. No que diz respeito aos expositores, já confirmámos mais de 270 empresas que irão preencher os pavilhões 6, 8 e 10 da IFEMA Madrid, o que significa uma superfície de 21.807,5 m2 e esperamos que, no período que antecede a Expodental, possamos acrescentar mais algumas para contribuir para o bom desenrolar do evento.

“Novidades, inovação em equipamentos e produtos ou transformação digital! Estas são atualmente as questões-chave mais emergentes na medicina dentária e as tendências que demonstram que o setor dentário está a avançar a passos largos.”

Que mudanças trouxe a novo presidente do Comité Organizador Expodental?

A nova presidente do Comité Organizador, Sonia Gómara, tem mantido amplamente a sua estrutura e dará especial ênfase ao reforço da internacionalidade, representatividade e dinamismo desta grande plataforma que, de dois em dois anos, contribui para gerar oportunidades de negócio e impulsionar a atividade da indústria dentária.

Atualmente, do seu ponto de vista, quais são os tópicos mais emergentes na medicina dentária? Que áreas atraem maior atenção por parte dos visitantes?

Novidades, inovação em equipamentos e produtos ou transformação digital! Estas são atualmente as questões-chave mais emergentes na medicina dentária e as tendências que demonstram que o setor dentário está a avançar a passos largos.

Assim, a Expodental trabalha em linha com a evolução desta indústria para mostrar uma oferta que permitirá ao visitante profissional antecipar e conhecer todas estas inovações, técnicas, materiais, serviços e soluções inteligentes que vão mudar a forma de trabalhar nos próximos anos.

*Artigo publicado originalmente na edição n.º 142 da revista SAÚDE ORAL, de janeiro-fevereiro de 2021.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?