Quantcast
Saúde Oral

FDI cria guia para promoção da saúde oral em refugiados

A FDI continua empenhada em promover e facilitar o acesso a cuidados dentários regulares para populações vulneráveis como os refugiados.

A Federação Dentária Internacional (FDI) afirmou, em nota do site, continuar empenhada em promover e facilitar o acesso a cuidados dentários regulares para as populações mais vulneráveis do mundo, incluindo os refugiados. Para tal, a federação criou um guia intitulado “Promoting Oral Health for Refugees: An Advocacy Guide”, que apresenta  um roteiro para o leitor planear e implementar estratégias bem sucedidas que possam melhorar a saúde oral dos refugiados em todo o mundo.

A FDI lembra ainda o seu projeto The Refugee Oral Health Promotion and Care Project, que pretende fortalecer as infraestruturas dos serviços de saúde oral oferecidos aos refugiados, aumentando o acesso aos serviços dentários terciários.

Através do projeto, a FDI visa também a criação de capacidades entre os profissionais de saúde e os trabalhadores comunitários para ajudar a prestar cuidados de saúde oral aos refugiados; influenciar a legislação em vigor para a prestação de serviços de cuidados dentários aos refugiados; e apoiar intervenções preventivas e terapêuticas que possam melhorar a saúde oral.

A federação recorda que, em muitos casos, os refugiados têm acesso limitado a cuidados dentários terapêuticos e serviços preventivos. As barreiras aos cuidados de saúde oral variam, mas podem incluir elevados custos de tratamento, falta de médicos dentistas e seguros dentários, baixa literacia em saúde oral e outras barreiras culturais e psicológicas.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?