Quantcast
Investigação

Estudo: Identificada associação entre antidepressivos e periodontite

Os antidepressivos estão associados a um maior nível de osso alveolar e uma menor perda de fixação clínica em pacientes com periodontite.

Uma investigação publicada no Journal of Periodontal Research associou os medicamentos antidepressivos a um maior nível de osso alveolar (BL, na sigla em inglês) e uma menor perda de fixação clínica (CAL, na sigla em inglês) em pacientes com periodontite, relata a Gaceta Dental.

Quando diferentes classes de antidepressivos foram analisadas individualmente, apenas os utilizadores da classe inibidores seletivos da recaptação da serotonina (ISRS) e utilizadores de várias classes apresentaram uma degradação periodontal significativamente mais baixa do que os não utilizadores.

 

O estudo foi realizado com pacientes com mais de 30 anos com periodontite e que procuraram tratamento na Universidade da Florida entre 2014 e 2018. Foram avaliados 582 pacientes com periodontite, dos quais 113 (19,4%) eram utilizadores antidepressivos.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?