Quantcast
Investigação

Estudo associa tabagismo a bolsas periodontais

Um estudo descobriu que os fumadores diários possuíam uma maior incidência de bolsas periodontais profundas que aqueles que nunca fumaram.

Um estudo desenvolvido por investigadores finlandeses e britânicos descobriu que os indivíduos que se identificavam como fumadores diários possuíam uma maior incidência de bolsas periodontais profundas que aqueles que nunca fumaram, noticia o Dental Tribune International. O estudo também investigou a precisão do tabagismo autodeclarado, avaliando os níveis de cotinina e encontrou uma associação positiva entre estes níveis e o desenvolvimento de bolsas periodontais.

“Os participantes que desenvolveram bolsas periodontais ao fim de quatro anos eram mais propensos a serem homens, fumadores diários menos instruídos e apresentavam níveis de cotinina ≥ 42,0 μg/L do que aqueles sem bolsa periodontal ao fim de quatro anos”, constataram os investigadores.

Após ajuste face a fatores de confusão, observou-se um rácio de taxa de incidência (IRR) de 1,59 para os fumadores diários em comparação com os não fumadores. Perto de nenhum risco elevado para o desenvolvimento de bolsa periodontal foi encontrado em fumadores ocasionais e desistentes.

“Os IRRs para a categoria mais alta (mais 20 cig/dia) variaram de 2,03 para 2,41. Num modelo totalmente ajustado, os cigarros/dia de 1 a 9 não estavam associados ao desenvolvimento de bolsa periodontal”, pode ler-se no estudo.

Os investigadores afirmam que “este estudo revela que o tabagismo está relacionado com a deterioração da saúde periodontal, independentemente de a medição do tabagismo se basear em autorelatórios ou no nível de cotinina”.

Metodologia

A cotinina é o metabolito primário na nicotina e a sua medição é um biomarcador quantitativo fiável para a exposição a produtos de tabaco contendo nicotina. O estudo foi realizado por investigadores da University of Eastern Finland em Kuopio (Finlândia), Oulu University Hospital na Finlândia e King’s College London, no Reino Unido.

A análise incluiu um total de 294 participantes e o seu nível de tabagismo foi avaliado através de entrevistas em casa, sendo os participantes divididos em: fumadores diários, fumadores ocasionais, desistentes e indivíduos que nunca fumaram. Os níveis de cotinina foram medidos utilizando a metodologia radioimunoensaio de fase líquida, e foi realizado um exame oral clínico de follow-up, onde a profundidade das bolsas periodontais foi avaliada utilizando a sonda periodontal da Organização Mundial de Saúde.

O estudo, intitulado “Effect of smoking on periodontal health and validation of self-reported smoking status with serum cotinine levels”, foi publicado online a 8 de maio de 2021 no Acta Odontologica Scandinavica.

 

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?