Quantcast
Investigação

Estudo: Ansiedade dentária na Suécia diminui 42,4% em quase 60 anos

Estudo: Ansiedade dentária na Suécia diminui 42.4% em quase 60 anos

Um estudo conduzido pela Universidade de Gothernburg, na Suécia, para uma tese de doutoramento, revelou que os níveis de ansiedade dentária no país diminuíram significativamente nas últimas décadas. Cerca de 80,9%  dos inquiridos não reportou ter ansiedade dentária, em contraste com os 38,5% da população adulta sueca num estudo similar em 1962, avança o Dental Tribune Internacional.

A ansiedade dentária foi reportada em 19,1% dos inquiridos: 4,7% afirma ter ansiedade severa, 4,5% ansiedade moderada e 9,8% categorizou que era baixa. A dor e a falta de controlo eram os fatores mais temidos relatados pelos participantes com ansiedade dentária severa.

Explicações para a diminuição

De acordo com a médica dentista responsável pelo estudo, Lisa Svensson, não existe uma resposta clara para a descida dos níveis de ansiedade. “Pode-se especular que os avanços técnicos e um maior foco nos valores subjetivos se desenvolveram na medicina dentária ao longo das últimas décadas, bem como uma maior aposta nos cuidados preventivos”, disse Svensson à DTI.

A população de hoje também tem uma melhor saúde oral do que a população de há 50 anos, o que resulta num tratamento dentário menos invasivo, e uma parte significativa da população também frequenta os cuidados dentários durante anos antes do tratamento ser necessário, o que pode prevenir a ansiedade dentária”, explica.

Quanto ao impacto da covid-19 na ansiedade dentária, Svensson indicou que ainda é cedo para determiná-lo. “O desenvolvimento da ansiedade dentária é um processo longo, mas os indivíduos que sofrem desta condição, muitas vezes, acabam por evitar os cuidados dentários, e a pandemia da covid-19 serve como desculpa para atrasar os tratamentos dentários necessários”, concluiu.

A investigação feita à escala nacional contou com a participação de 3 500 adultos aleatoriamente escolhidos e foi conduzida pela médica dentista, Lisa Svensson. A tese intitulada Dental Anxiety: Prevalence, Measurements and Consequence, pode ser consultada aqui.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?