Quantcast
Saúde Oral

Dia do Sorriso: 5 recomendações para ter um mais saudável e bonito

No Dia Mundial do Sorriso, que se celebra hoje, dia 2 de outubro, a diretora do Departamento de Dentisteria da MALO CLINIC Lisboa, Inês Caldeira Fernandes, dá-lhe cinco recomendações para conseguir um sorriso mais saudável e bonito.

De acordo com a responsável, bons hábitos de higiene oral, alimentação cuidada e a visita regular ao dentista são essenciais para uma dentição saudável e mais bonita: “A maioria dos portugueses preocupa-se com o seu sorriso, mas por vezes apenas do ponto de vista estético. Não podemos esquecer o impacto que uma boa rotina de higiene oral tem, a chave para manter um sorriso saudável e bonito é cuidarmos da nossa saúde oral”, afirma.

Assim, a médica dentista deixa cinco conselhos:

1. Visitar regularmente ao dentista/higienista

A diretora do Departamento de Dentisteria destaca a importância do dentista e higienista no tratamento de eventuais complicações, mas também na prevenção e recomendações de higiene oral adaptadas a cada paciente, como por exemplo o tipo de escova, técnica de escovagem ou pasta dentífrica. Inês Fernandes aconselha a visitar o dentista regularmente, não apenas em caso de urgência.

2. Escovar bem os dentes

Sobre a escovagem, a médica refere que o ideal é escovar os dentes pelo menos duas vezes por dia, durante dois minutos, em movimentos circulares ou horizontais com uma inclinação de 45º graus junto à gengiva. Destaca ainda a importância de escovar todas as superfícies, incluindo a língua.

Quanto à escolha da escova, a maioria dos dentistas recomenda uma escova com filamentos suaves ou médios (dependendo da força que se exerce durante a escovagem) e com uma cabeça pequena para chegar a todas as áreas da boca. Já a pasta dentífrica pode ser recomendada pelo médico dentista ou pelo higienista oral, devendo ser adaptada a cada situação, seja para prevenção das lesões de cárie, para redução da sensibilidade dentária, por razões periodontais ou outras.

3. Utilizar fita ou fio dentário

Uma boa higiene oral não se resume à escovagem. Inês Fernandes relembra que a utilização de “fita ou fio dentário vai permitir remover a placa bacteriana e alguns resíduos alimentares nas zonas onde a escova não chega”. A utilização do fio dentário permite prevenir o aparecimento de lesões de cárie em zonas não abrangidas pela escovagem, com benefícios para a estrutura dentária e tecidos periodontais.

4. Evitar maus hábitos alimentares

Alguns alimentos podem dar origem a manchas ou escurecer os dentes, prejudicando a estética dentária. Uma alimentação saudável é fundamental para minimizar a ingestão de açúcar e de alimentos ou bebidas ácidas. A diretora sugere ainda que seja evitado o consumo excessivo de alimentos que possam pigmentar os dentes, como o café, vinho tinto, chá ou frutos vermelhos, por exemplo.

Além da alimentação, os hábitos tabágicos também prejudicam e influenciam a saúde e estética do sorriso, contribuindo para a pigmentação dentária.

5. Recorrer pontualmente a pastilha elástica

Por vezes, um pacote de pastilhas sem açúcar pode ser a solução para ajudar a manter os dentes limpos e saudáveis, como por exemplo, após as refeições em situações em que não é possível escovar os dentes ou utilizar o fio dentário. De acordo com Inês Fernandes, mastigar uma pastilha elástica depois das refeições pode também ajudar a “neutralizar os ácidos e aumenta a produção de saliva, o que contribui para eliminar uma parte dos resíduos alimentares acumulados nos dentes”.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?