Quantcast
Eventos

“Conhecermos o que há de novo e distinto é imprescindível”

O Instituto Universitário Egas Moniz (IUEM), em Lisboa, vai organizar mais uma edição das Jornadas Internacionais de Medicina Dentária, no dia 21 de novembro, em formato digital, devido à pandemia de covid-19.

Este ano, o programa é dedicado às novas tecnologias em medicina dentária, contando com várias sessões sobre o tema. A SAÚDE ORAL falou com André Alves, presidente das XXVIII Jornadas Internacionais, sobre as expectativas para este evento.

O que é que se pretende com a realização deste evento?

As Jornadas Internacionais de Medicina Dentária do Instituto Universitário Egas Moniz constituem, sem dúvida alguma, um acréscimo imensurável na formação dos alunos, dos médicos dentistas e de todos os envolvidos. Sendo a medicina dentária uma área que se encontra em constante evolução, é muito importante para os estudantes, docentes, investigadores e médicos dentistas marcarem a sua presença, partilhando experiências científicas, humanistas e de vida profissional, como é nosso hábito. Importa ainda salientar que um dos fatores que distingue as nossas jornadas é o facto de que resultam de uma simbiose e de um esforço, tanto do corpo estudantil, como do corpo de docentes. Esta cooperação conflui num evento que nos orgulha muito e que temos todo o gosto em levar além-fronteiras.

Este ano, o tema em destaque são “Novas Tecnologias em Medicina Dentária”. Porque é que decidiram falar sobre este tema?

As novas tecnologias em medicina dentária são o fio condutor do programa científico das Jornadas Internacionais, porque consideramos que este tema tem uma importância indubitável, já que a medicina dentária é uma área em constante evolução. Conhecermos o que há de novo e distinto e de que forma isso pode contribuir para uma melhor abordagem ao paciente é imprescindível.

Na ótica dos profissionais, que exigências é que as novas tecnologias trazem para o campo da medicina dentária?

O uso das novas tecnologias em medicina dentária acarreta uma curva de aprendizagem. Embora o objetivo seja facilitar e melhorar a forma como atuamos nos pacientes, estas também exigem por parte do médico dentista uma preparação e uma atualização constantes de conhecimentos. Por esse motivo, consideramos muito importante o tema deste ano ser direcionado para as novas tecnologias, com o intuito de trazer aos estudantes e médicos dentistas o que há de novo e distinto e de que forma isso pode contribuir para um melhor tratamento para os pacientes.

Este ano fica claramente marcado pela pandemia e covid-19. Considera que a saúde oral ficou prejudicada?

A pandemia causou um impacto notório na saúde oral. No que diz respeito à Clínica Dentária Egas Moniz e enquanto estudante finalista, é importante salientar que o Instituto Universitário Egas Moniz fez todos os esforços para colmatar a ausência de prática clínica. A Direção da Egas Moniz dedicou-se à elaboração de um protocolo de biossegurança extenso e detalhado de regras e normas de segurança, para que, quando fosse possível, os alunos não considerados grupos de risco e que assim o pretendessem pudessem regressar à prática clínica de uma forma segura, o que acabou por se concretizar.

O feedback é bastante positivo e todos os alunos se sentem seguros na sua prática clínica. Contudo, é evidente que o cumprimento de todas as regras tem um impacto no número de pacientes a serem atendidos diariamente, uma vez que esta nova realidade acarreta consigo uma nova logística de atuação e adaptação por parte dos estudantes e dos médicos dentistas.

Quais são as suas expectativas para a edição deste ano das Jornadas Internacionais de Medicina Dentária?

As Jornadas Internacionais sempre se caracterizaram por serem um evento de partilha exímia e rigorosa de conhecimentos. Dadas as circunstâncias atuais, foi necessária uma adaptação no formato, mas estamos bastante expectantes com o resultado, que traduz o esforço realizado ao longo deste ano em prol da concretização deste evento. Em tempos de mudança, estamos confiantes no seu sucesso.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde oral?